[CRÔNICA] – Crônica em Versos

espaco-cultura

Crônica em Versos

(por Anoninus Anônimo)

Umas noites atrás, senti que eu estava morrendo.
Acordei no escuro. Nada parecia errado e eu só tinha que voltar a dormir.
Foi quando aconteceu.
De repente, senti meu coração bater mais rápido. Ele bateu com mais força também. Até dor eu senti.
Eu também senti dúvida.
Não havia motivo nenhum para aquilo.
Eu não estava assustado, não estava suado ou preocupado. Não havia nada de errado.
Ainda assim, por algum motivo, meu coração resolveu me acordar no meio da noite para me fazer sentí-lo bater.Intrigante isso.
Quando isso aconteceu, eu realmente pensei que estivesse morrendo.
Pensei que estivesse tendo um ataque cardíaco.
Mas tão novo? Não devia ser possivel.
Senti meu pulso, estava acelerado mas regular. Arritmia não era, estava salvo.
Não sei quanto tempo passou até que meu coração acalmou.
Prefiro pensar que devem ter demorado apenas alguns minutos, é mais fácil de digerir.
O fato é: não sei o que me aconteceu, não sei se foi verdade ou se foi sonho.
Incrível como eu quase me dei como morto aquela noite e quão pouco isso me afeta hoje.
Realmente, a memória é curta.
Ou será a esperança que é grande?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s