O que é Iniciação Científica?

É muito comum que alunos de graduação, ainda mais aqueles da área da saúde, tenham interesse na Pesquisa Científica, uma vez que esta é responsável pelos avanços das Ciências Médicas no mundo. No entanto, é difícil para alguém que teve pouco ou nenhum contato com essa área na graduação entrar de cabeça no vasto mundo da Pesquisa em uma pós-graduação Stricto Sensu.

Exatamente para atender os alunos interessados em conhecer melhor o funcionamento de Laboratórios de Pesquisa e a rotina destes é que existe a Iniciação Científica.

Na Iniciação Científica, o graduando tem a oportunidade de acompanhar a Pesquisa de um orientador, um pesquisador experiente, relacionada com o que despertar mais interesse. Além disso, o aluno terá um projeto, cujo tema pode ser dado pelo orientador ou feito por ele mesmo. Esse projeto, geralmente, é ligado à projetos maiores desenvolvidos no laboratório.

Isso permite ao aluno ter uma visão mais detalhada da Pesquisa em geral, pois ele será apresentado aos métodos científicos, saberá como apresentar seus resultados e terá que confrontar possíveis problemas que surgirem.

A Iniciação pode ser feita com  auxílio de uma bolsa, fornecida por agências de fomento à pesquisa como FAPESP ou PIBIC, tendo duração de um ano. Após esse período é necessário pedir uma renovação da bolsa.

E depois de tudo isso você deve estar se perguntando: Como eu posso encontrar vagas de Iniciação Científica na área do meu interesse? Bom, em tempos obscuros anteriores era necessário pedir para o professor permitir que você acompanhasse seu laboratório e, depois, ver se haviam vagas disponíveis para Iniciação. No entanto, tudo isso mudará com o advento da Central de Ligas.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: