Pós-graduação para estudantes do último ano de Farmácia Unifesp/Diadema

Processo Seletivo para o Mestrado: Programa de Pós-Graduação em Farmacologia UNIFESP – 2º semestre de 2017

Continuar lendo Pós-graduação para estudantes do último ano de Farmácia Unifesp/Diadema

Anúncios

Informalopédia – Impressora

[Informalopédia]

Olá a todos! We are back, heroes!

O Ranger Amarelo está bastante ativo ultimamente, não?

ATENÇÃO DIRETORES E MEMBROS/FUTUROS DIRETORES DE LIGAS ACADÊMICA E PROJETOS DE EXTENSÃO!

Vocês sabiam que o DCC possui uma linda e maravilhosa IMPRESSORA?
Sim! Uma impressora!

Nós sabemos da vida difícil de estudante que mal consegue xerocar os slides dos professores (e que os dinheiros de cursos introdutórios são gastos em Coffee…), então disponibilizamos a vocês o nosso serviço de impressão!!

E o que o DCC imprime?” Oras, tudo que pudermos para ajudar as suas respectivas Ligas e Projetos de Extensão: apostilas, certificados, provas de Liga e panfletos para ajudá-los.
E tudo isso de graça?!” É… infelizmente não, mas cobramos uma taxa bem em conta:

  • Impressão Preto/Branco: R$ 0,15/página
  • Impressão Colorido: R$ 0,40/página
  • Impressão de Certificados: R$ 0,60/certificado

E como as Ligas e Extensões podem desfrutar desse serviço?” É simples, basta enviar o arquivo que vocês querem imprimir no e-mail do DCC (dccunifesp@gmail.com), com o número de cópias e características da impressão (frente e verso ou só frente, preto e branco ou colorido) e o prazo para entregar o material impresso.

Entretanto, temos algumas regras para impressão:
1) Só serão impressos os arquivos que tiverem o valor e prazo confirmados, via e-mail.
2) O prazo para entrega dos materiais impressos será de 5 dias para impressões de até 200 páginas ou de até 50 certificados; e de 7 ou mais dias para impressões de mais de 200 páginas ou de mais de 50 certificados. Por isso, caso opte por realizar a impressão conosco, entre em contato o quanto antes com o DCC.
3) Certificados impressos pelo DCC só serão autenticados após pagamento, que deve ser feito no DCC, pessoalmente.
4) Os materiais impressos só serão entregues presencialmente no DCC e após o pagamento do valor confirmado via e-mail.

Qualquer dúvida entrar em contato conosco, via página do Facebook ou e-mail!

Comitê de Comunicação e Eventos

Identificação Estudantil

[IDENTIFICAÇÃO ESTUDANTIL]
Olá, meus amores e minhas amoras!
Depois de ter ocorrido o Big Bang, dos dinossauros serem extintos, do homem ter inventado a escrita, de Esparta ter vencido a Guerra, dos feudos serem construído, dos bárbaros ferrarem com tudo, da descoberta do Novo Mundo (mas sem descobrirem o One Piece), da independência do Brasil, da proclamação da República e dessa lorota toda, o Ranger Amarelo (MORFANDO!!!!) faz um grande anúncio!
As CARTEIRINHAS de Identificação estudantil CHEGARAM!!!!
Para a retirada da sua linda e maravilhosa carteirinha, basta passar no DCC para retirá-la!
Não é necessário levar o recibo ou documento algum. (Só o corpo mesmo)
Lembrando: estamos abertos no período do almoço, das 12:30 às 14:00, com exceção de quarta-feira.
E aqui encerra a missão do Ranger Amarelo. Qualquer dúvida, a página do Facebook e o email do DCC sempre estarão à disposição de vossas senhorias.
Vamos desmorfar agora!
Comitê de Comunicação e Eventos
IMG_20170605_231159

[POEMA] – Água

14691077_1786163431671959_885924647685914801_n

Água

(por Lionecel)

Eu olho para o alto
Ouço minha música preferida
Sinto arrepios

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

Sinto vontade de chorar

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

Sinto meus olhos ressecados

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

Sinto meu sistema límbico inundar minhas glândulas lacrimais

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

Me sinto inundar. Me sinto fluir. Sinto o fluir de meu líquido salgado escorrer pelo canto de meus olhos. Sinto minha lágrima escorrer

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

Tento secar minha lágrima
Ela já está seca
Ela já está pulverizada
Meus olhos secos. Cheios de lágrima seca. Se enchem de sentimentos secos. Eu choro seco

Eu olho para o alto

Ouço minha música preferida

E saúdo o passado da minha lágrima molhada. Saúdo o dia em que eu sentia escorrer minhas lágrimas. Saúdo o dia em que as minhas lágrimas eram reais. Saúdo a vida

Eu olho para o alto

Sinto a sua brisa, Manoela
E sua brisa evapora. Minhas. Lágrimas

XIX Curso Introdutório à L.A de Medicina de Urgência

XIX Curso Introdutório à Liga Acadêmica de Medicina de Urgência

“Galera, o Curso Introdutório da Liga de Medicina de Urgência está chegando! Teremos aulas de temas relacionados à urgência, como cetoacidose diabética, dor torácica, trauma e outros. Vai ter crepe, sorteio de bolos, sorteio de livros… Lembrando que nosso curso introdutório é um dos maiores eventos do ano na Escola e a participação de todos é fundamental! Inscrição na porta da AAAPB rolando. Lembrando que os 100 primeiros participarão de uma aula prática de RCP. Contamos com a participação de todos!”

Continuar lendo XIX Curso Introdutório à L.A de Medicina de Urgência

[PROSA] – Anamnese Poética

14691077_1786163431671959_885924647685914801_nAnamnese poética

(por L.H.P.)

-Doutor, estou sentindo que perdi a poesia em minha vida.

Não é todo dia que somos confrontados com uma frase assim. Normalmente a queixa é mais próxima de “estou me sentindo triste” ou “estou com dor aqui ou ali”, mas perder a poesia era algo novo para mim. Não me lembro de ter estudado esse quadro na faculdade, nem debatido algum caso assim com meus professores. Mas aquela moça, cabelos longos e negros, olhos azul-curioso, lançava-me essa questão.

-O que a senhora quer dizer com “perder a poesia”?

-Isso mesmo, perdi a poesia. As pedras no meu caminho, agora são só pedras mesmo. Nada mais tem rima, nem sonoridade. Agora minha vida está uma crônica chata de jornal.

Aquilo começava a ficar cada vez mais confuso para mim. Sonoridade? Pedra? Seria um quadro depressivo? Resolvi arriscar:

-A senhora se sente triste, desanimada, sozinha?

-Se o senhor acha que eu estou com depressão, já vou logo avisando que não é isso. No começo até pensei que fosse, mas depois vi que não: o problema é a poesia.

-E quando começou esse quadro?

-A, acho que faz um mês, mais ou menos… quando eu entrei no meu novo emprego.

-A senhora trabalho com o que?

-Trabalho num escritório de advocacia, organizando arquivos, digitando coisas, sabe? Trabalho tradicional. No início, estava muito feliz, poxa, um trabalho novo, novas perspectivas. Ainda conseguia entender metáforas, ainda via alegria nos versos espalhados pelos muros dessa cidade. Mas a rotina, com o tempo, não sei, doutor, acho que agora sou um verso metrificado , sabe? Decassílabo…

Nunca me senti tão impotente na minha vida. Decassílabo? Seria isso um sinal clínico do qual nunca haviam me informado?

-O que aconteceu ao longo desse tempo?

-Eu acho que me tornei um poema parnasiano, doutor. Sabe, daqueles bem fechados, poema de dicionário? Sempre que ia escrever algum relatório para meu chefe, tentava colocar uma metáfora, uma prosopopeia, mas isso sempre era visto com maus olhos. Um dia, escrevi assim: “Nossa cliente relata que seu marido é um fingidor, finge tão completamente, que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente”. Pessoa, doutor, todo mundo gosta de Pessoa. Quando meu chefe leu aquilo, achei que iria ser demitida. Fez-me prometer que nunca mais faria aquilo, sob risco de ser mandada para o olho da rua. O senhor mesmo, doutor: pode receitar um tango argentino para algum de seus pacientes?

-Creio que não

-Bandeira, doutor, Bandeira. Acho que então deve entender o que eu quero dizer, não?

Não estava entendo nada daquilo, mas tinha certeza que nenhum medicamento surtiria efeito ali. Talvez um psicólogo? Psiquiatra? Também achava que não era o caso. Continuei a conversa.

-Mais alguma coisa aconteceu nesse meio tempo?

-Meu namorado. Ele é um livro realista, doutor. Quer saber tudo nos detalhes mais íntimos, às vezes é irônico,  sempre realista. Disse que o meu amor por ele batia na aorta, ele me mandou ir ao médico. Drummond, doutor. Não sei mais o que fazer. Tenho medo de me tornar um manual de carro.

Agora tinha certeza que o caso não era para remédios nem tratamento médico. Resolvi arriscar um tratamento, pois não sabia mais o que fazer, mas queria ajudar a moça despoetizada. Resolvi entrar no jogo.

-A senhora ainda lê?

-No máximo o jornal do metrô, doutor. Não tenho tempo, a vida está muito corrida, sabe?

-Certo, vamos tentar o seguinte. Vou te receitar 3 doses diárias de poesia. Uma de manhã, uma no almoço e uma no jantar. Tente não ler nada pesado depois do jantar ao antes de dormir porque pode fazer mal. De manhã, opte por textos mais profundos. Não precisam ser textos longos, tente achar um tempo para isso. Faça isso por quinze dias e volte aqui para verificarmos os resultados.

A moça me olhava com cara de desconfiança, porém sorria. Agradeceu, pegou a receita e saiu. Encostei-me à cadeira e pensei em como me fez falta a disciplina de patologia literária na faculdade.

 

XXXVII Curso Introdutório SCDST

XXXVII Curso Introdutório da Liga Acadêmica de Serviço de Combate à Doenças Sexualmente Transmissíveis

LDST

A Diretoria convida a todos a participarem do Curso Introdutório da tradicional liga acadêmica Serviços de Combate às Doenças Sexualmente Transmissíveis.
É uma oportunidade de aprender mais sobre o assunto, uma vez que é pouco abordado na graduação e há aumento tanto da prevalência quanto da incidência. Além disso, as atividades da liga são uma oportunidade de realizar atendimento (os membros são responsáveis pelo atendimento).

 



Continuar lendo XXXVII Curso Introdutório SCDST

IV Curso Introdutório das Ligas de Gastrocirurgia e Videocirurgia

IV Curso Introdutório das Ligas de Gastrocirurgia Antônio Figueira  e Videocirurgia

A diretoria das Ligas Acadêmicas de Gastrocirurgia Antônio Figueira e Videocirurgia tem o prazer de convidá-los para o nosso IV Curso Introdutório. O curso será ministrado do dia 02/05 até o dia 05/05, colocando os alunos em contato com os temas das duas especialidades que serão desenvolvidos e aprofundados nas atividades da liga.

Continuar lendo IV Curso Introdutório das Ligas de Gastrocirurgia e Videocirurgia